fbpx

O que fazer em Manaus: atrações, onde ficar e dicas

O que fazer em Manaus, capital do Amazonas, também conhecida como a “Paris dos Trópicos”. Atrações, pontos turísticos, onde ficar e dicas.

Manaus, Amazonas

Manaus é uma cidades que atrai a atenção milhares de turistas todos os anos, tanto do Brasil, como do exterior. Só no ano de 2020, mesmo com a pandemia, mais de 350 mil pessoas visitaram a cidade. A capital manauara é portanto um dos grandes polos turísticos do nosso país e um dos motivos é sua característica única de metrópole em meio a Floresta Amazônica.

Com mais de 2 milhões de habitantes, a cidade oferece muitos atrativos turísticos para todos os gostos, tanto para quem gosta de natureza, quanto para quem prefere a vida noturna e ainda para aqueles que gostam de passeios com incursão histórica e/ou cultural.

O que fazer em Manaus

Por ser uma metrópole, Manaus apresenta alguns probleminhas de locomoção e, se não tivermos atenção e tudo bem planejado, pode-se perder muito tempo no trânsito carregado e nas longas distâncias entre os pontos de interesse.

Assim, para aproveitar de verdade tudo o que Manaus tem a oferecer em termos turísticos, preparamos esse guia, com uma breve introdução aos mais famosos e indispensáveis passeios a se aproveitar.

Largo de São Sebastião

Vamos começar pelo Largo de São Sebastião, um dos principais e mais movimentados pontos turísticos de Manaus. Fica no centro histórico e por isso é uma ótima pedida para começar o seu passeio.

Largo de São Sebastião

Através do Largo temos acesso a bares, museus, casarões históricos e, claro, a Igreja de São Sebastião, construída em 1888 e ao Teatro Amazonas. Também são realizados no local variados eventos artísticos e culturais, exposições e temos acesso à Casa das Artes, um dos espaços mais relevantes para a comunidade artística manauara.

Caso você prefira, pode contratar um tour guiado pelo centro histórico de Manaus.

Teatro Amazonas

Um dos principais símbolos arquitetônicos e culturais de Manaus, o Teatro Amazonas foi fundado em 1896 e tombado como patrimônio histórico em 1966.

Teatro Amazonas, Manaus

Faz parte da história do ciclo da borracha, época áurea da capital amazonense e preserva parte da arquitetura e decoração originais, de estilo renascentista e detalhes ecléticos.

O Teatro Amazonas exibe regularmente espetáculos dos mais distintos gostos e estilos, como peças teatrais, de dança e shows musicais. Alguns artistas que já se apresentaram por lá foram Roger Waters, Spice Girls, Heitor Villa-Lobos e Milton Nascimento.

Teatro Amazonas, Manaus

É também no Teatro Amazonas que é realizado o Festival de Ópera de Manaus, o primeiro (e único, até 2001) festival do gênero na América Latina.

O Teatro Amazonas é cartão postal de Manaus e um dos mais importantes teatros do Brasil. Foi inaugurado em 1896, no auge do ciclo da borracha, época em que Manaus concentrava a riqueza proveniente da extração do látex amazônico, altamente valorizado pelas indústrias europeias e americanas.

Teatro Amazonas, Manaus

Aberto diariamente para visitação guiada com duração média de 45 minutos, aos domingos e segundas das 9h às 14h e de terça a sábado de 9h às 17h.

Ingressos: R$ 20 inteira e R$ 10 idosos, estudantes, professores, militares, doadores de sangue e pessoas com deficiência e seus acompanhantes.

GRUPO GRATUITO NO WHATSAPP

Participe gratuitamente do nosso grupo no WhatsApp e receba diariamente dicas para acumular muitas milhas e alertas de passagens promocionais com milhas.

Fique tranquilo, o grupo é restrito e apenas os administradores enviam mensagem.

QUERO ENTRAR NO GRUPO!

Mercado Municipal Adolpho Lisboa

Fundado em 1883 e também tombado como Patrimônio Histórico, o Mercado Municipal Adolpho Lisboa é uma das principais atrações turísticas manauaras. É outro edifício construído com os recursos da borracha e um dos principais exemplares da arquitetura de ferro em todo mundo.

Mercado Municipal Adolpho Lisboa

Localizado na Rua dos Barés, o Mercadão tem duas fachadas diferentes, uma de frente para o Rio Negro e outra para a via pública. O prédio, que foi interditado para restauração em 2006 e reaberto em 2013, conta com um amplo comércio que vai desde artesanato e biojóias indígenas até frutas e remédios tradicionais típicos da região.

Museu do Índio

Trata-se do maior e mais amplo museu da história indígena no Brasil. Conta com mais de três milhares de peças produzidas por indígenas da Amazônia em seu acervo, desde utensílios domésticos até adornos cerimoniais e instrumentos musicais.

Fundado em 1952, o acervo está distribuído em seis salas que contam sobre o modo de vida indígena da região do Alto Rio Negro, como dos índios Tukano, Yanomani e muitos outros.

Galeria Amazônica

Um projeto realizado através da parceria da ACWA (Associação Comunidade Waimiri Atroari) e do ISA (Instituto Socioambiental), a Galeria Amazônica tem como objetivo a valorização da diversidade socioambiental amazônica.

É um espaço que conta com exposições, vendas e encomendas de artesanato regional, que busca aliar a transparência e o compromisso com o uso dos recursos naturais, nos princípios do comércio justo (Fair Trade) e da sustentabilidade, com certificação de origem e qualidade de todos os seus itens.

Bosque da Ciência (INPA)

O Bosque da Ciência é um espaço de divulgação científica que abriga uma vegetação florestal, animais da fauna amazônica e outros atrativos para a visitação turística. Em uma área com cerca de 13 hectares, fica localizado no perímetro urbano da cidade de Manaus, na Zona Central/Leste. Foi inaugurado em 1995, pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – o INPA.

O Bosque promove inúmeros eventos ao longo do ano e proporciona aos seus visitantes um ambiente tranquilo e relaxante, bem no meio de uma metrópole. Lá, os visitantes também podem aprender mais sobre a Amazônia e entrar em contato com a natureza.

Jardim Botânico de Manaus Adolpho Ducke

O Jardim Botânico Adolpho Ducke fica localizado na Cidade de Deus, bairro na Zona Norte de Manaus. Criado em homenagem ao botânico Adolpho Ducke, é considerado o maior jardim botânico em área urbana do Brasil.

Jardim Botânico de Manaus Adolpho Ducke

Com cerca de 5 km², o local oferece um contato direto com a natureza, atraindo turistas de todo o mundo.

Museu da Amazônia

O Museu da Amazônia (MUSA) é talvez a melhor atração de Manaus. Inaugurado em janeiro de 2009, ocupa 100 hectares da Reserva Florestal Adolpho Ducke, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – INPA, em Manaus.

Torre MUSA

A principal atração é a torre de 42 metros de altura que permite visualizar a reserva por cima do topo das árvores.

Vista da Torre do MUSA

Mas o museu tem muitas outras atrações imperdíveis como as exposições indígenas, trilhas pela floresta, aquário com peixes amazônicos como o pirarucu, a maior espécie de peixe de água doce do mundo e o lago com as belíssimas vitórias régias.

Aquário no MUSA

Também é possível fazer trilhas na floresta, passeios que podem ser tão educativos quanto surpreendentes. No Musa, são também desenvolvidas pesquisas de divulgação científica e de educação cultural.

Exposição no MUSA

É fácil chegar lá com o transporte público, mas como fica bem afastado do centro a viagem dura quase 1 hora. Se você tiver com quem dividir, melhor chamar um carro de aplicativo que vai mais rápido e com mais conforto.

Funciona diariamente (exceto quartas-feiras) das 8h30 às 17h (o portão de entrada fecha às 16h).

Ingressos: R$50 a visita guiada e R$ 30 sem guia (dá para fazer sem guia tranquilamente). Entrada gratuita para crianças até 5 anos e meia-entrada para estudantes e idosos brasileiros.

Encontro das Águas

Provavelmente a atração turística mais conhecida de Manaus, devido ao encantamento provocado pela força do encontro do Rio Negro com o Rio Solimões, é simplesmente imperdível para qualquer visitante.

Encontro das Águas

Na verdade, você pode avistar o Encontro já no avião, desde que esteja na janela certa. Mas, para observar da terra (e, pode apostar que você vai querer isso), temos duas opções: pegar um barco a partir do Poro da Ceasa ou, com a ajuda de um guia, ir até a falésia chamada “Mirante da Embratel” no bairro Colônia Antônio Aleixo, na Zona Leste de Manaus.

O Encontro das Águas é até difícil de descrever com palavras. A água mais escura é quente, a mais puxada para o marrom, é fria e você pode pedir para o barqueiro reduzir a velocidade para que possa colocar as mãos nas águas e ter uma experiência sensorial.

Há opções a partir de 30 minutos ao custo R$100 para um grupo de quatro pessoas.

Passeios mais demorados chegam a durar um dia inteiro e incluem atividades como visita a comunidades ribeirinhas e indígenas, caminhada na selva e visita ao Lago de Janauary.

Esses tours custam entre R$ 200 e R$ 300 por pessoa e podem ser feitos em lanchas rápidas para até 25 pessoas ou mesmo em barcos maiores.

Praia de Ponta Negra

A Praia de Ponta Negra é mais famosa praia de rio de Manaus. Artificial, foi construída às margens do rio Negro nos anos 90 para servir como local de lazer para população manauara. Conta com calçadão, ciclovia, pista para caminhada e complexo esportivo. É uma ótima opção para quem quer pegar um sol e curtir uma praia sem sair da cidade de Manaus.

Praia de Ponta Negra

A estrutura oferecida pela praia é ótima, com orla urbanizada, equipamentos para prática de esporte e anfiteatro, com muitas apresentações musicais, espetáculos teatrais e diversas atrações.

Praia de Ponta Negra

Fica localizada a 13 quilômetros do centro da cidade. Há linhas de ônibus que fazem o trajeto em cerca de 1 hora de viagem. Quem puder chamar um carro de aplicativo gasta metade do tempo.

Atenção para as regras de segurança. O banho só é permitido das 9h às 17h e apenas na área demarcada com boias. No passado já aconteceram ataques de jacaré e afogamentos.

Aproveitando os Arredores de Manaus

Um dos passeios mais populares é o bate e volta até a cidade de Presidente Figueiredo, conhecida como a Terra das Cachoeiras, que fica a cerca de 130 quilômetros da capital amazonense.

Aproveitando, você pode fazer uma parada nas aldeias indígenas próximas da área urbana de Manaus. As maiores e mais próximas são as aldeias da comunidade Dessana e a dos Waimiri-Atroari. São ótimos passeios para quem busca o enriquecimento cultural e um programa educativo, com a possibilidade de experimentar as comidas tradicionais e até quem sabe comprar uma peça de arte indígena para levar para casa.

Para quem pode ou quer rodar um pouquinho mais, a pequena cidade de Novo Airão, a 180 km de Manaus, é um ótimo destino, com uma belíssima incursão pela Floresta Amazônica. É lá que os turistas podem encontrar os raros e famosos botos cor-de-rosa, além de ser caminho para os Parques de Anavilhanas e Jaú.

Falando neles, os reservas são também um lindíssimo passeio para quem gosta de natureza. O Parque Nacional de Anavilhanas abriga o segundo maior arquipélago do mundo, com mais de 400 ilhas e lagos, formando praias de areias brancas, mas apenas durante o período de seca. A época das cheias, que vai de abril a setembro, é excelente para que os visitantes possam conhecer a floresta, com excursões de barcos oferecidas por guias e empresas de turismo.

Por sua vez, o Parque Nacional do Jaú é reconhecido como Sítio do Patrimônio Mundial Natural e Reserva da Biosfera pela UNESCO. É a quarta maior reserva florestal do Brasil. Fica a apenas 100 quilômetros da cidade de Novo Airão, mas o acesso só é possível através de voadeira.

Floresta Amazônica
Explosão de cores no Pôr do Sol no rio Paraná do Mamori na floresta Amazônica.

Conhecer a floresta amazônica e ver de perto o dia a dia dos ribeirinhos é uma experiência gratificante e engrandecedora. Várias agências de Manaus organizam passeios de imersão na floresta, que costumam ter duração de 2, 3 ou 4 dias.

Floresta Amazônica

Há hospedagem pode ser em hotéis de selva de luxo ou pousadas simples, inclusive com opção de quarto coletivo.

Pesquise e contrate tours pela selva amazônica e outros passeios em Manaus e região no site civitatis, empresa líder em distribuição online de atividades, excursões e visitas guiadas em português e espanhol nos principais destinos turísticos do mundo.

Hospedagem

O centro histórico da cidade costuma ser o local mais procurado, pois é nessa região que estão os hotéis considerados mais modernos. É ideal para quem quer ficar pouco tempo e gosta de se locomover a pé.

Perto do centro, temos o bairro de Adrianópolis, a cerca de 5 quilômetros de distância. Considerado mais nobre, é um bairro muito arborizado e com ótima oferta de hotéis e shoppings. Fica também próximo ao Bosque da Ciência.

Já na praia da Ponta Negra é onde se localizam os melhores hotéis, com vista da praia e da Floresta Amazônica.

Booking.com

E, finalmente, temos os hotéis de selva. Esses hotéis facilitam o contato com a selva e possuem ótimos pacotes turísticos com tudo incluído, desde passeios até as refeições. Porém, são opções mais custosas, voltadas principalmente para o turismo internacional, sendo que muitos baseiam seus preços no dólar.

Como se locomover em Manaus

Se locomover em Manaus pode ser um tanto quanto desafiador, afinal, trata-se de uma metrópole, e quando ainda não conhecemos a cidade, pode-se gastar muito tempo preso nos engarrafamentos.

Assim, a melhor opção tem sido se locomover através de aplicativos como Uber e 99 Táxis, além das vans oferecidas por hotéis e por agências de turismo.

Caso o seu interesse seja apenas ter uma vista panorâmica dos principais pontos turísticos, uma boa opção pode ser o Amazon Bus, um ônibus que percorre mais de 40 pontos turísticos da cidade.

Como vemos, Manaus e o estado do Amazonas como um todo, tem muito a oferecer para seus visitantes. Nessa lista, apenas começamos a explorar os pontos mais famosos, mas definitivamente, uma vez que você conhece Manaus, vai se apaixonar, e apostamos que vai querer voltar.


Leia também

10 coisas que não te contam sobre a Amazônia no blog Apure Guria

VIAJE POR CONTA PRÓPRIA E ECONOMIZE MUITO!
Reserve hospedagem no Booking.com
Seguro Viagem com desconto em Segurospromo
Alugue um carro em Rentcars
Passagens aéreas promocionais em Passagens Promo
Passeios em Santiago e no Atacama com TourGo
Tours pela América do sul em Denomades.com
Passagens de ônibus, trem e avião dentro da Europa em Omio
Ingressos e passeios pelo mundo em GetYourGuide
Chip Internacional com 5% de desconto em America Chip
Chip Internacional com frete grátis em EasySIM4U
Chip Internacional da Viaje Conectado com 10%OFF cupom PROMO10

Deixe um comentário