fbpx

Roma: o que fazer na capital Italiana

ATENÇÃO: devido a pandemia de Covid-19 muitos países restringiram parcialmente ou totalmente o acesso de turistas estrangeiros em suas fronteiras aéreas e terrestres.

Se você tem viagem internacional marcada para os próximos meses nossa orientação é repensá-la. Se sua viagem é para os próximos dias nossa orientação é cancelar ou remarcar.

O mesmo vale para viagens nacionais, já que muitos destinos turísticos brasileiros estão fechados para o turismo.

Consulte informações sobre o seu destino nos sites dos órgãos oficiais e/ou no seu portal jornalístico de confiança.

SEGURO VIAGEM: apenas algumas seguradoras estão garantindo 100% das assistências médicas para casos e sintomas relacionados ao COVID-19. A maior parte das seguradoras só garantem as coberturas até o diagnóstico. Em todas as seguradoras as demais coberturas (diárias em hotel, garantia de regresso, etc) perdem a validade após o diagnóstico positivo.

Roma, a capital da Itália, uma cidade realmente encantadora e rica em sua história. Já estivemos por lá 3 vezes e nesse post o que fazer e dicas importantes para sua viagem.

Vista do Castelo de Sant'Angelo em Roma
Vista do Castelo de Sant’Angelo.

Roma é um destino certo para qualquer viajante que quer explorar a Europa e faz parte de um rico conteúdo de estudos históricos de qualquer pessoa.

A cidade é cheia de pequenas ruas de paralelepípedo, lindíssimas praças, uma mescla de muito verde. É um verdadeiro museu ao céu aberto, com seus inúmeros patrimônios históricos espalhados por todos os cantos.

Coliseu em Roma
Coliseu.

Visitamos Roma pela primeira vez em janeiro de 2013 (inverno), novamente em novembro de 2013 (outono) e a última vez foi no finalzinho de outubro de 2019 (outono).

Em todas as vezes que estivemos por lá pegamos chuvas e baixas temperaturas. Então se for viajar na mesma época, leve um casaco impermeável, ou se preferir, o que não vai faltar são ambulantes te oferecendo guarda-chuva e capas de chuva.

Como chegar a Roma

Partindo do Brasil

Se você está indo para Roma saindo do Brasil ou de outro país europeu de avião, o ideal é comprar um vôo para o Aeroporto Fiumicino, pois ele é bem localizado, a cerca de 30 minutos de carro do centro de Roma (30 km).

Para esse trajeto, o táxi custa uns 50 euros. Mas, para os viajantes que querem economizar, existem os ônibus, com passagens a 5.80 euros, que partem a cada 40 minutos do aeroporto Fiumicino com direção a maior estação da cidade de Roma, a Termini.

Partindo da Europa

1) Avião

Se você já estiver na Europa e quer ir para Roma, vale à pena ir de avião, pois os preços dos vôos são muito baratos, principalmente de companhias áreas de baixo custo como a Ryanair e a Easy Jet.

Voos de ida e volta saindo de Portugal, por exemplo, costumam custar cerca de 30 euros.

2) Trem

Outra opção são as viagens de trens, que dependendo de onde você estiver serão uma opção com melhor custo benefício em relação a voar.

3) Ônibus

Nos períodos de alta temporada ou para viagens não planejadas com antecedência, verifique os preços das passagens de ônibus em empresas como a FlixBus, que roda por quase toda a Europa e costuma ter bons preços.

Nós sempre utilizamos o site Omio para pesquisar e reservar passagens de trem, ônibus e avião dentro da Europa.

Trata-se de um portal comparador de preços que mostra as opções aéreas, rodoviárias e ferroviárias para o trajeto pesquisado. O site tem a versão em português (de Portugal) e é de fácil utilização.

4) Carro

Na última viagem chegamos em Roma de carro, pois nessa viagem optamos por desbravar várias cidades italianas e com isso, saímos de Milão, passando por Veneza, Pisa, Florença, Siena, até o destino final: Roma.

As estradas italianas são muito bem sinalizadas e o asfalto um verdadeiro tapete. Os pedágios que passamos são calculados pelo tempo rodado entre um e outro, então o preço varia conforme a quilometragem rodada.

O valor do aluguel do veículo (um SUV) para 5 dias foi o equivalente a R$ 738,00. A locadora foi a Budget, retiramos em Milão e entregamos em Roma.

Nós sempre utilizamos o site rentcars.com para pesquisar e alugar carros. Esse site faz comparações de preços em diversas locadoras, além de já incluir seguro e quilometragem livre nas tarifas. O pagamento pode ser parcelado sem juros e em reais.

Não deixe de ler: Roteiro de viagem para Itália: Milão, Verona, Veneza, Palermo, Catânia e Cagliari

O que fazer em Roma

Como sabemos, a capital italiana é cheia de curiosidades e verdadeiras galeria de arte espalhada por suas ruas e bairros, desde ruínas até construções super bem conservadas.

Locomover-se em Roma é muito fácil. Fizemos todos os pontos turísticos à pé. É encantador admirar as obras e histórias que você nem vê o tempo passar e muito menos o cansaço bater.

Fontana de Trevi

Fonte de Trevi é um dos principais pontos turísticos de Roma. Além de sua linda arquitetura, o local tem a tradição de trazer boa sorte. Reza a lenda que quem jogar uma moeda por cima dos ombros para dentro da fonte terá muita sorte na vida, realizações de pedidos e ainda, garante o seu retorno à Roma.

Fontana de Trevi em Roma
Fontana de Trevi.

Uma curiosidade, já foram retirados da Fonte mais de 1 milhão de euros em moedas jogadas pelos turistas e esse dinheiro é destinado a caridade local.

Um alerta importante, por ser um local que atrai muitos turistas, fique atento aos seus pertences, pois assim como em outros pontos turísticos de Roma, existem muitos batedores de carteira no local. Então fiquem atentos e não deixe bolsas ou mochilas dando bobeira no local.

A fonte que faz parte de uma antiga fachada do prédio Palazzo Poli, que conta com uma arquitetura cheia de estátuas que trazem o poder do Deus Netuno.

A fonte mundialmente conhecida é, na verdade, a fachada de um prédio ornamentada com estátuas e outros elementos; no centro, por exemplo, Netuno conduz uma charrete guiada por cavalos-marinhos.

Fontana di Trevi
Fontana di Trevi.

A dica para os que desejam evitar a multidão, que se aglomera na praça de mesmo nome, é visitar o local bem cedo – assim que o sol raiar – ou tarde da noite.

A fonte como a maioria dos pontos turísticos de Roma, são de fácil acesso, para quem se hospeda próximo a estação central de Roma.

Basílica de Santa Maria Maggiore

A basílica é considerada a maior Igreja dedicada à Virgem Maria e uma das quatro maiores basílicas de Roma. Ela foi construída entre 432 e 440 a pedido do papa Sisto III.

Seu interior é cheio de obras, com seus mosaicos que contam um pouco da história da origem da Igreja, além de ostentar um belíssimo teto de ouro.

A basílica é aberta a visitação e vale muito à pena pois a entrada é totalmente gratuita.

Quem puder e quiser assista a uma missa pode consultar os horários das pelo site do Vaticano.

Funcionamento: todos os dias das 7h às 18h45.
Nos horários de missas a visitação fica restrita até o término da celebração.
Entrada gratuita.

O Coliseu

O Coliseu é o mais conhecido e popular ponto turístico de Roma. Quem nunca assistiu a um filme de gladiadores romanos?

Você sabia que o Coliseu também é conhecido por Anfiteatro Flaviano? Em latim: Amphitheatrum Flavium.

Interior do Coliseu
Interior do Coliseu.

O coliseu pode ser visitado tanto no período diurno como no período noturno. A diferença é que na visita diurna você pode optar por uma visita com guia ou sem guia e à noite a visita é somente permitida com o acompanhamento de um guia.

Procure garantir seu Ingresso antecipadamente por meio de sites seguros, para evitar filas e a frustração de ter os ingressos esgotados no dia da sua visita.

Nossos ingressos foram adquiridos pela GetYourGuide, onde é possível por uma diferença mínima comprar ingresso com o fura-fila incluso, pois mesmo a fila para quem tem o ingresso adquirido com antecedência costuma ser bem grande e quanto mais tempo economizar, mais tempo terá para desfrutar no local.

O acesso ao coliseu é muito fácil, podendo ir de metrô, pois tem uma estação na frente do ponto turístico. Mas como todos os pontos turísticos centrais de Roma, ir à pé é garantia de desfrutar de toda beleza histórica da cidade.

O local foi palco de vários espetáculos, encenações de guerras medievais, jogos, caçadas e combates de gladiadores, era a verdadeira atração de sua época. O local, conforme estudos, poderia chegar a receber um público entre 50 mil a 90 mil espectadores.

Não tem como viajar na arquitetura do local sem se remeter ao famoso filme Gladiador, estrelado por Russell Crowe.

Ingressos: € 14.50 (incluso acesso rápido (fura-fila) ao Coliseu, Fórum Romano e Monte Palatino).

O Fórum Romano

Como dissemos acima, a visita ao Fórum Romano, que fica bem próximo ao Coliseu, está inclusa no ingresso ao Coliseu.

Ruínas do Fórum Romano
Ruínas do Fórum Romano.

O Fórum, também conhecido por Forum Magno, era o principal centro da vida econômica e cívica de Roma Imperial, cercado por ruínas e construções públicas de grande importância.

O local era palco de grandes celebrações por parte dos generais romanos, onde ocorriam os discursos e eventos políticos, tratos processuais criminais e era o centro dos assuntos comerciais da Roma Imperial.

O Monte Palatino

Monte Palatino é a mais central das sete colinas de Roma e uma das mais antigas partes da cidade, foi considerado o berço da capital italiana. A partir da época do império de Augusto, os palácios imperiais passaram a ser construídos nesta área central, pois na antiguidade era o melhor lugar para se viver.

Foto panorâmica do Fórum Romano
Fórum Romano visto do Monte Palatino.

Tem uma vista para o Fórum Romano, pois tem uma  elevação com aproximadamente 40 metros, possibilitando assim, uma belíssima vista do Fórum Romano.

Lembrando que o ingresso é o mesmo do Coliseu e Fórum Romano. Chegando no primeiro horário de abertura das visitações, com toda tranquilidade você poderá conhecer os 3 pontos turísticos em um mesmo dia.

Piazza Venezia

Piazza Venezia é a principal e mais importante praça de Roma, um dos  principais centros nevrálgicos do sistema de transportes de Roma, onde você encontrará o grandioso Monumento Vittoriano.

É o local onde as principais avenidas da cidade se intersectam, a Via dei Fori Imperiali (avenida que te levará até o Coliseu) e a Via del Corso.

Piazza Venezia
Piazza Venezia.

Nas proximidades da praça você encontrará outros pontos turísticos de Roma, como o Monumento a Vitorrio Emanuele, Museus Capitolinos, a Piazza Del Campidoglio (projeto arquitetônico do Local é de Michelangelo), e o prédio do Palazzo Venezia, onde Mussoline fazia seus discursos para a população Romana.

Museus Capitolinos

O conjunto de Museus Capitolinos, que abriga inúmeras obras de artes importantíssimas,  uma das obras mais conhecidas que fica no complexo é a estátua de bronze da Loba que alimenta os irmãos Rômulo e Remo, um importantíssimo símbolo de Roma. 

A entrada para o complexo de museus, pode ser adquirido on-line ou no próprio local. Como sempre falamos, garanta seus ingressos com antecedência, pois dependendo da época você pode se frustrar e não conseguir visitar o local, consulte informações no próprio site do Museu.

Ingressos: € 12.50.

Saiba mais sobre os Museus Capitolinos no blog Vou pra Roma.

Piazza Navona

Como podemos perceber, Roma é mesmo muito rica em suas Praças, as quais abrigam monumentos históricos e fontes que encantam. A Piazza Novona, é uma das mais célebres praças de Roma localizada no rione Parione, erguida no local de um estádio mais conhecido por Circus Agonalis.

Piazza Navona em Roma
Piazza Navona.

A praça, uma das mais belas, senão a mais bela, possui três lindas fontes:

  • Fontana del Nettuno: a Fonte de Netuno foi criada por Giacomo della Porta e sendo finalizada por Zappalà e Della Bitta);
  • Fontana del Moro: inicialmente conhecida como fonte do Caracol, foi criada também por Giacomo della Porta e enriquecida por Bernini.
  • Fontana dei Quattro Fiumie: a maior e principal fonte da praça, devido a sua história. Localizada na área central da praça, foi criada por Bernini no ano de 1651. As quatro estátuas da fonte representam os quatro rios mais importantes do mundo na época: o Nilo, o Ganges, o Danúbio e o Rio da Prata. No centro está instalado um obelisco de 16 metros de altura, que pertenceu ao Circo de Maxêncio.
Fontana del Moro em Roma
Fontana del Moro.

Outra atração da Praça é a embaixada Brasileira, que fica no palácio Pamphilj, com visitação gratuita que pode ser previamente agendada pelo site da embaixada.

Castelo de Sant’ Angelo

O Castelo fica localizado às margens do Rio Tibre, bem próximo ao Vaticano, inclusive da Ponte que dá acesso ao Castelo é possível avistar a Cúpula da Basílica de São Pedro no Vaticano. 

Castelo de Saint Angel em Roma
Castelo de Sant’ Angelo.

O local hoje funciona como museu, podendo ser previamente adquirido seu ingresso por diversos sites. Uma dica importante que você pode tentar a visita de forma gratuita no primeiro domingo de cada mês.

O castelo é uma parte fundamental da história de Roma e do Vaticano, inaugurado em 139, servindo como fortaleza e esconderijo; por ser um acesso direto ao Vaticano, o castelo foi utilizado por diversos Papas, além de túmulo para os restos mortais do imperador Adriano e família.

Ingressos: € 10.

Panteão de Roma

Localizado no Bairro de Sant´Eustachio, também conhecido como Panteão de Agripa, a sua visitação é totalmente gratuita. Esse ponto turístico fica pertinho da Piazza Novona e bem próximo do Castelo de Sant´Angelo.

Pantheon em Roma
Pantheon.

A fachada esconde a enorme cúpula, que é a maior e é feita de concreto, sendo bem maior que a cúpula da Basílica de São Pedro.

A fachada ainda é formada por dezesseis colunas de granito, cada uma medindo 14 metros de altura e que possui a inscrição “M.AGRIPPA.LFCOS.TERTIVM.FECIT”, traduzindo, “Construída por Marco Agripa, filho de Lúcio, quando cônsul pela terceira vez”.

Panteão em Roma
Panteão.

Uma curiosidade sobre a cúpula do Panteão, ela possui um diâmetro de 43,44m, a altura (do piso ao teto), possui a mesma medida de seu diâmetro, a cúpula pesa em torno de 4535 toneladas, por isso é considerada a maior cúpula de concreto.

Atualmente o local é uma igreja, onde são celebradas missas, eventos e casamentos. A atração fica localizada na Piazza Della Rotonda, cercada por prédios com restaurantes e hotéis.

Vaticano

Localizado na parte norte de Roma, a cidade-estado do Vaticano, sede da Igreja Católica Romana. Lá está situada a residência do Papa.

Praça de São Pedro no Vaticano
Praça de São Pedro no Vaticano.

A cidade como tudo em Roma está recheada de grandes tesouros arquitetônicos. Na cidade do Vaticano, encontram-se Museus que abrigam antigas esculturas romanas, além de afrescos renascentistas na Capela Sistina (local onde fica o teto pintado por Michelangelo) e nas Estâncias de Rafael.

O Vaticano é menor estado da Europa, com somente 0,44 km² e menos de 900 habitantes, que é governado pelo bispo de Roma.

Os Museus do Vaticano

Os Museus Vaticanos constituem um complexo de renomados institutos culturais da Santa Sé, que alojam valiosas coleções de artes antigas e atuais.

Museu no Vaticano
Museus do Vaticano.

Existe um setor desse conglomerado que expõe artes atuais, em 2019 estavam com uma mostra que remetiam à Amazônia, além das antigas coleções dos diversos pontífices romanos que perduraram os séculos.

O ingresso de visita aos Museus do Vaticano, também foram adquirido pelo site/aplicativo GetYourGuide. O ingresso inclui a visita aos museus e a capela Sistina, também com a comodidade do fura-fila.

Como em tudo em Roma, nossa dica é tente adquirir antecipadamente os ingressos, para que não tenha dores de cabeça e o desconforto de enfrentar longas filas.

Os ingressos também podem ser adquiridos no site oficial dos Museus do Vaticano.

E aquela dica camarada para quem estiver na cidade no último domingo do mês, a visita é totalmente gratuita, mas lembre-se de chegar cedo e enfrentar uma fila daquelas.

A visitação ao complexo inicia-se às 09h, fique atento ao horário reservado no seu ticket e chegue com uma certa antecedência, pois mais pessoas, com toda certeza, fizeram a reserva para o mesmo horário.

Ingressos: € 19,9 (sem fila para os Museus Vaticanos e Capela Sistina) na GetYourGuide.

Capela Sistina

A capela está localizada na residência oficial do Papa na cidade-estado do Vaticano, no Palácio Apostólico. Ao entrar na sala onde se localiza o teto pintado por Michelangelo, os seguranças do local solicitam que os visitantes desliguem os equipamentos eletrônicos, pois é proibido que o local seja filmado e fotografado.

O teto da capela foi pintado por Michelangelo entre 1508 e 1512 a pedidodo papa Júlio II.

Na obra, em sua parte central, estão exibidas nove histórias do Gênesis, agrupadas em três seções, dentre elas a criação de Adão e Criação de Eva. A pintura ainda pode apreciar o Juízo Final e a Expulsão do Paraíso, e outros.

O passeio pelos Museus do Vaticano e Capela Sistina, pode reservar umas 3 a 5 horas, dependendo da sua empolgação ao apreciar as artes que você encontrará nesse tour.

Praça e Basílica de São Pedro

A praça é o cartão de entrada do Vaticano, sendo a mais famosa, fica em frente a Basílica de São Pedro, onde são colocadas as cadeiras para que os fiéis possam acompanhar as missas que geralmente acontecem às quartas-feiras às 10h.

Basílica e Praça de São Pedro no Vaticano
Basílica e Praça de São Pedro.

A praça também fica lotada quando os fiéis param para ver o pontífice no Ângelus, da janela do seu escritório.

No meio da praça você pode ver um lindíssimo obelisco que foi levado para Roma em 37 d.C, a pedido do Imperador Calígula. Próximo a este obelisco você poderá se posicionar e contemplar as colunas que cercam a praça.

A Basílica de São Pedro é a maior igreja do catolicismo e um dos locais do cristianismo mais visitados do mundo, possuindo 218 metros de comprimento e de altura, incluindo sua cúpula a igreja possui 136 metros.

A visita ao local é gratuita, porém para quem não quer esperar e enfrentar uma fila quilométrica, pode adquirir um acesso rápido por um preço aproximado de 19,50 euros por pessoa, não incluindo a subida na cúpula. Para esse, o ingresso pode ser facilmente adquirido no local por um preço de mais ou menos 5 euros.

Dentro da Basílica você irá se maravilhar com tantas obras feitas para a igreja católica, uma das principais e mais conhecidas está a Pietà de Michelangelo, obra que representa Jesus morto no colo de sua mãe Maria.

Nas capelas que existem dentro da Basílica você pode assistir algumas celebrações, pode se sentar e orar nos bancos, as capelas normalmente são protegidas por seguranças que te orientam a ficar em silêncio e não fotografar ao adentrar naquele espaço, por respeito aos que ali estão e pela religiosidade do local.

A cúpula da Capela pode ser visitada pagando um preço aproximado de 5 euros e a subida até o terraço pode ser feita por elevador, de onde você terá uma vista da cidade do Vaticano e também de Roma.

Para subir até o topo da Cúpula, do terraço até o pico você irá encarar uma escada com 330 degraus, bem apertada e que no final fica em caracol, não recomendado para pessoas claustrofóbica.

Mais Dicas de Roma

1) Como se locomover

Roma é uma cidade onde os pontos turísticos podem ser facilmente explorados à pé. Além de curtir melhor tudo que a cidade oferece, caminhando você economizará uma boa grana.

Mas para quem prefere conforto e otimizar o tempo, a cidade possui 3 linhas de metrô que não abrange muitos pontos da cidade, mas é uma ótima opção, ainda mais para quem estiver hospedado na região próxima à Estação Termini.

Outra opção da cidade é o Táxi ou Uber, que você pode facilmente solicitar por meio dos aplicativos It táxi e ou Uber.

2) Banheiros públicos

A cidade também possui banheiros públicos que podem ser facilmente localizados por meio do app WC Rome, que te mostrará os mais de 100 banheiros disponíveis em toda a cidade.

3) Água potável

Um diferencial em Roma, como também na maioria das cidades Europeias, é que você terá acesso a água potável nas fontes espalhadas pelas ruas. E melhor ainda, num ponto em frente ao metrô do Coliseu existe água com gás para você se refrescar.

4) Gorjetas

As gorjetas em Roma não são obrigatórias, porém se você foi bem servido, bem tratado, pelo prestador de serviço, como cortesia pode deixar um agrado para o funcionário que lhe atendeu. O valor não precisa ultrapassar os 10% do total da sua conta.

5) Segurança

Uma das perguntas que sempre fazem é se Roma é ou não uma cidade perigosa.

Como em todos grandes centros turísticos existem os famosos batedores de carteira. Mesmo Roma sendo uma cidade que você possa tranquilamente transitar à noite por suas ruas, recomendamos que fique sempre atento aos seus pertences, mochilas e bolsas. Carregue-as de uma forma de fácil acesso e visibilidade, não coloque nada de valor em bolsos externos, ande sempre com um porta dólar se possível.

Roma: uma verdadeira orgia gastronômica

Quem ao planejar uma viagem para Roma, ou qualquer outra cidade Italiana, logo não se remete as deliciosas massas, gelatos ou a um delicioso Cappuccino?

Roma, assim como várias cidades Italianas, é muito rica em cafés, sorveterias, padarias e, claro, diversos restaurantes. A cultura do povo Italiano desde sempre foi de muita fartura, de se comer bem.

Roma é um verdadeiro Roteiro Gastronômico, não tem como resistir as maravilhas Italianas que você encontra em qualquer esquina.

Indicações de cafés, restaurantes e bares

Gelato

Falando dos verdadeiros gelatos italianos, quem vai a Roma até mesmo em épocas mais frias, deve provar os melhores sorvetes do mundo. Nossa experiência foi nas típicas sorveterias italianas Gelato Al Bacio e II gelato di San Crispino.

Massas

Recomendamos uma deliciosa pasta no restaurante Tempio Bar, localizado na frente do Panteão de Roma, na Piazza Della Rotonda, sugerimos um chopp super gelado, uma boa pasta (alla carbonara e all’arrabbiata) e de sobremesa um maravilhoso Tiramisu.

Happy Hour

Assim, como em algumas cidade Italianas, Roma também nos oferece uma opção de Happy Hour, a qual o cliente paga um valor entre 18 a 25 Euros e pode comer à vontade com direito a uma bebida.

E o Happy Hour também é uma ótima escolha para o jantar. Uma dica valiosa para quem quer viajar e economizar com alimentação em Roma é tomar um café da manhã bem reforçado, coma um lanche durante o dia e se esbalde nos Happy Hours.

Locais que sugerimos para desfrutar da opção do Happy Hour são:

  • Oppio Caffè (um café super bem localizado, bem em frente ao Coliseu);
  • Pasticceria Panificio Panella Roma, um lugar super aconchegante, bem ao estilo Europeu.

Mercado Central

Outra dica para economizar e comer muito bem, quem vai á Roma não pode deixar de visitar o Mercado Central (Mercato Centrale di Roma), com muitas opções de todo o tipo de comida.

Uma recomendação para quem vai em grupo de amigos ou familiares, peçam um pouquinho de cada lugar, assim você conseguirá provar várias opções oferecidas pela gastronomia do local.

Seguro Viagem para Europa

Para ser aceito como turista na Europa é obrigatória a contratação ainda no Brasil de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros.

Nós sempre contratamos através da SegurosPromo, um site comparador de preços que exibe diversos resultados de diversas seguradoras e você escolhe o que melhor se encaixar nas suas necessidades e orçamento.

SEGURO VIAGEM COM DESCONTO É NA SEGUROS PROMO!
15% OFF em todos os planos de seguro viagem com o cupom PROMOMUNDO + 5% OFF no pagamento via boleto.
Não dê bobeira, há opções por menos de R$10,00 por dia.
*Promoção válida até 31/07/2020, independente da época da viagem.
Saiba mais em seguro viagem internacional com desconto.


Leia também

Veneza para mochileiros – roteiro de 1 dia e dicas para economizar

Eurotrip: planejamento, roteiros e dicas para economizar

Paris: o que fazer, roteiros, onde ficar, dicas para economizar

Londres: o que fazer, dicas para viajar por conta própria e economizar

O que fazer em Bruxelas na Bélgica

6 Países baratos e imperdíveis na Europa

VIAJE POR CONTA PRÓPRIA E ECONOMIZE MUITO!
Reserve hospedagem no Booking.com
Seguro Viagem com desconto em Segurospromo
Alugue um carro em Rentcars
Passagens aéreas promocionais em Passagens Promo
Passeios em Santiago com Destino Chile (cupom #bloglovers 10%OFF)
Tours pela América do sul em Denomades.com
Passagens de ônibus, trem e avião dentro da Europa em Omio
Ingressos e passeios pelo mundo em GetYourGuide
Chip Internacional com 5% de desconto em America Chip
Chip Internacional com frete grátis em EasySIM4U
Chip Internacional da Viaje Conectado com 10%OFF cupom PROMO10

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!