fbpx

Bruges na Bélgica: o que fazer, como chegar, dicas

ATENÇÃO: devido a pandemia de Covid-19 muitos países restringiram parcialmente ou totalmente o acesso de turistas estrangeiros em suas fronteiras aéreas e terrestres. Consulte informações sobre o seu destino nos sites dos órgãos oficiais e/ou no seu portal jornalístico de confiança.

SEGURO VIAGEM: apenas algumas seguradoras estão garantindo 100% das assistências médicas para casos e sintomas relacionados ao COVID-19. A maior parte das seguradoras só garantem as coberturas até o diagnóstico. Em todas as seguradoras as demais coberturas (diárias em hotel, garantia de regresso, etc) perdem a validade após o diagnóstico positivo.

Bruges é um dos principais destinos turísticos da Bélgica. Dizem que é até mais bela que a capital Bruxelas. Nesse post: o que fazer, como chegar e dicas.

Market Square em Bruges
Market Square.

Conhecemos Bruges em 2019 durante uma viagem de 22 dias pela Europa. Ficamos cinco dias na Bélgica, sendo três em Bruxelas, um em Gante e um em Bruges.

Bruges, Bélgica

Conhecida como uma cidade Medieval, Bruges é um dos principais destinos para turistas que pensam em viajar para a Bélgica. Apesar de não ser a capital do país, Bruges tem ficado cada vez mais famosa como destino turístico justamente pela sua aparência rústica, que remete à Idade Média.

Centro histórico de Bruges
Centro histórico de Bruges.

A cidade faz parte da região de Flandres, ou seja, o idioma padrão é o neerlandês, que, de forma mais simples, é basicamente a mistura de inglês e alemão, sendo bem parecido com o holandês.

Apesar disso, a maioria das pessoas, especialmente no comércio, fala inglês, então essa não será uma das grandes dificuldades.

Parque Minnewater
Parque Minnewater.

E a melhor característica de Bruges é que a cidade pode ser visitada em apenas um dia em um bate-volta partindo de Bruxelas. Não se preocupe, com um dia inteiro na cidade você terá tempo o suficiente para aproveitar bem seu tour por Bruges e conhecer a maior parte dos pontos turísticos.

Bruges na Bélgica
Ponte sobre canal.

Como chegar em Bruges

A cidade de Bruges está localizada no nordeste da Bélgica e fica muito perto da capital do país, Bruxelas, a uma distância de aproximadamente 100 quilômetros.

Bate-volta de Bruxelas

De trem, isso pode ser coberto em uma hora. Inclusive, essa é a forma mais fácil de viajar tanto na Bélgica, quanto pelo restante da Europa.

Você pode comprar seu bilhete dentro de um pacote de viagem ou pode fazer isso diretamente na estação de Bruxelas, já que existem vários trens disponíveis.

É tão fácil que não é nem mesmo necessário fazer algum tipo de reserva. Os preços são fixos, então não é preciso comprar com antecedência.

Os trens na Bélgica são extremamente confortáveis e rápidos. Uma dica para você que está planejando sua viagem: procure um hotel que tenha uma estação próxima, isso acaba facilitando muito.

A viagem de Bruxelas até Bruges demora cerca de 1 horas.

Quanto custa

De Bruxelas até Bruges, a passagem para cada trecho de trem custa €14,10 ou €28,20 ida e volta.

Aos fins de semana há um desconto especial de 50% nesse valor e a passagem de ida e volta custa €15,10. Então se você tiver a oportunidade, deixe para fazer esse bate-volta no sábado ou domingo.

Menores de 26 anos e maiores de 65 tem um desconto ainda maior em qualquer dia da semana.

The Kruispoort em Bruges
The Kruispoort.

Bate-volta de Gante

Nosso roteiro foi um pouco diferente do que maior parte dos viajantes brasileiros faz, já que optamos por dormir duas noites em Bruxelas e duas noites em Gante (Ghent ou Gent), que fica no meio do caminho para Bruges.

Reservamos um dia inteiro para conhecer as atrações de Gante e outro para visitar Bruges, que fica a apenas 50 quilômetros de Gante.

Optamos por ficar hospedado em Gante por ser mais barato do que em Bruges, ainda que fosse mais caro que Bruxelas.

A intenção foi ter mais tempo para conhecer com calma cada uma das cidades visitadas na Bélgica.

A viagem de Gante até Bruges demora cerca de 30 minutos.

Quanto custa

De Gante até Bruges a passagem para cada trecho custa €6.70. Nos fins de semana também é possível comprar a passagem promocional ida e volta com 50% de desconto.

Bruges na Bélgica
Restaurantes no centro histórico de Bruges.

Bate-volta de Paris

Outra opção muito comum entre os turistas brasileiros é fazer um bate-volta para Bruges partindo de Paris.

Se esse é seu objetivo, saiba que essa viagem de um dia pode ser feita por conta própria. Compre com antecedência os bilhetes de trem no site da SNCF francesa para encontrar os menores preços.

É preciso pegar um trem de Paris para Bruxelas e de lá para Bruges. O primeiro trajeto demora 1h25 até a estação Bruxelles-Midi e de lá são mais 1h até Bruges.

Rua em Bruges
Ruas de Bruges.

O que fazer em Bruges

São várias atrações para visitar em Bruges. Mesmo que você não se interesse por entrar em algumas, caminhar pelo centro da cidade já vai fazer a viagem valer a pena.

Abaixo algumas das principais atrações de Bruges em uma ordem lógica de visitação, como um roteiro turístico.

Parque Minnewater

Se você tiver ido de trem, da estação até o Parque Minnewater é apenas uma pequena caminhada, mas uma que vale a pena.

Andando você vai passar por bosques lindos, algumas pontes de concreto que podem ser uma ótima opção para algumas fotos e também uma antiga Torre da Pólvora.

Parque Minnewater em Bruges
Parque Minnewater.

Como se fosse um marco do passado, a torre é um sinal dos tempos de ouro da cidade, remontando ao século XV, o auge econômico de Bruges. O local também tem o Lago do Amor, um dos lugares mais bonitos da cidade.

Reza a lenda local que, se as pessoas cruzarem a ponte do lago com o seu companheiro, elas experimentam o amor eterno. E, claro, é um ótimo lugar para tirar fotos.

Igrejas e Basílicas

A história local de Bruges é muito ligada a uma tradição cristã, especialmente quando se fala de Bruges durante a Idade Média. A cidade era uma das várias que tinha o catolicismo como principal fio condutor de sua economia e política.

Igreja de Nossa Senhora em Bruges
Igreja de Nossa Senhora.

Um dos lugares mais bacanas da cidade e a Igreja de Nossa Senhora, que, além de ser um monumento histórico, também guarda vários itens importantes da arte sacra europeia.

Por exemplo, existe uma estátua de mármore feita por Michelangelo durante o século XVI, que é uma das peças mais importantes da história da arte da época.

Outro lugar no mesmo estilo é a Basílica do Sangue Sagrado. As pessoas da cidade acreditam que lá está guardado um frasco com gotas do sangue de Jesus Cristo que, supostamente, foram trazidas pelo Conde de Flandres diretamente de Constantinopla.

Vale lembrar que esses locais podem ser visitados de forma independente, não sendo necessário contratar guia.

Torre Belfort

Essa é uma atração para quem quer ver a cidade do alto. Mas para isso você precisa encarar 366 degraus da Torre Belfort, que tem 83 metros de altura e possui um campanário do século XII, com 47 sinos e uma visão de toda a cidade de Bruges, que faz a caminhada valer totalmente a pena.

Torre Belfort em Bruges
Torre Belfort.

Infelizmente não é muito acessível para quem tem problemas físicos ou não pode caminhar muito. Não existem elevadores que levam até o topo. E também não é de graça: o preço para subir é de 10 euros, mas a vista faz valer a pena.

Torre Belfort em Bruges
Torre Belfort.

Além disso, a torre fica no meio da Grote Markt, que é a praça central da cidade e nosso próximo destino.

Ingresso: 10 euros.

Grote Markt

A praça é o centro da cidade de Bruges e dá o tom de como o restante do passeio vai ser.

Grote Markt em Bruges
Grote Markt.

O lugar, assim como o restante da cidade, tem um visual característico da Idade Média, com construções, bares, restaurantes e comércios totalmente restaurados e com uma aparência que remete a vários séculos do passado.

Para quem se interessa por arquitetura ou história da arte, é o lugar perfeito para reconhecer estilos e projetos arquitetônicos góticos, barrocos e renascentistas.

Os restaurantes e comércios ao redor são caros e a comida não é nada impressionante, mas uma das coisas que se destaca na cidade de Bruges é a bebida. Vale a pena parar em um desses bares e experimentar alguma coisa nova.

Rua Rozenhoedkaai

Essa é uma parada obrigatória para quem pensa em visitar Bruges. Com bosques naturais e construções impressionantes, a Rua Rozenhoedkaai é considerada o principal cartão postal da cidade.

A vista é incrível e é um dos lugares mais românticos da cidade, com um lago lindo e uma paisagem espetacular. Nas ruas próximas, também tem alguns restaurantes acessíveis, românticos e deliciosos.

Além disso, bem próximo da rua está o Museu Groeninge, que abriga trabalhos de vários artistas do século 18 e vale totalmente a pena a visita.

Ingresso: 12 euros.

Cervejaria De Halve Maan

Fundada em 1564, essa cervejaria é uma das mais tradicionais não só de Bruges, mas de toda a Bélgica.

Existe inclusive uma visitação guiada de aproximadamente 45 minutos que eles fazem. O tour é em inglês e, ao longo de toda a visita, a degustação está inclusa.

Ingresso: 12 euros.

Passeio de Barco

Esse é um dos mais bacanas que Bruges oferece. A cidade possui um canal e o passeio é mágico.

Passeio de barco em Bruges
Passeio de barco.

Dura aproximadamente 40 minutos, com um guia que vai contando algumas curiosidades sobre a história da cidade – tanto questões históricas mesmo, como também fala sobre arte, arquitetura e comércio.

O lado bom do passeio é que ele está disponível em vários horários, pela manhã, tarde ou noite.

Custa: 8 euros.

Praça Burg

O centro político e religioso de Bruges se concentra nessa praça. É uma das áreas mais antigas da cidade e foi lá que o conde de Flandres ordenou a construção de seu castelo, no século IX.

Praça Burg em Bruges
Praça Burg.

O castelo em si foi destruído com o passar dos séculos, mas o local segue sendo um dos patrimônios históricos mais importantes para o povo da Bélgica.

Bruges na Bélgica
Edifício na Praça Burg.

E, claro, no lugar, foi construído o prédio da prefeitura, que tem toda uma arquitetura gótica e remonta ao início do século XIV.

Bem ao lado, também tem o edifício onde funcionava a antiga corte de justiça. Inclusive, entre os prédios existe uma passagem que leva a um mercado de peixes – famoso em Bruges.

Uma caminhada pela cidade

Isso talvez pareça óbvio demais, mas Bruges não é uma cidade muito grande – pelo menos não em sua parte turística.

Canal Groenerei em Bruges
Canal Groenerei.

Existe um canal chamado Groenerei que acompanha basicamente o passeio de barco, por onde você pode fazer praticamento o mesmo percurso caminhando.

Se você gosta de caminhar é uma ótima opção, já que é gratuito e você pode fazer algum desvio, caso queira.

Bruges na Bélgica
Canal no centro histórico.

É um tipo de passeio que é particularmente romântico e deve agradar aos apaixonados.

Hospital de São João

Você pode aproveitar a caminhada que segue o canal e visitar outros lugares que valem a pena dar uma olhada: um deles é o Hospital de São João, um dos mais antigos hospitais ainda preservados na Europa. O espaço hoje é utilizado como um museu do próprio hospital, que foi fundado no início do século XII.

Bairro da Liga Hanseatica

Além disso, o Bairro da Liga Hanseatica é uma das regiões históricas mais interessantes para se visitar, especialmente para quem for fã de história clássica. O local tem uma praça larga e funcionava, antigamente, como câmaras do comércio local.

Moinhos de Vento

E, por último, os Moinhos de Vento: a caminhada dura cerca de um quilômetro, passando pelos portões de entrada de Bruges e leva até moinhos extremamente antigos e que resistiram ao tempo.

Moinho de vento em Bruges
Moinho de vento.

Os moinhos são um símbolo da Bélgica e estando em Bruges não deixe de conhecê-los. Eles ficam em um área verde muto bonito, o que valoriza a visita.

Moinhos de vento em Bruges
Moinhos de Vento.

Onde ficar em Bruges

Normalmente, as pessoas não dormem em Bruges, até porque é um passeio que costuma durar apenas um dia, sendo feito em um bate-volta a partir de Bruxelas.

Mas se você decidir dormir na cidade e quiser economizar, recomendamos tentar algum hostel mais afastado do centro. Os poucos hotéis disponíveis são muito caros e os hostel são confortáveis, apesar de um pouco agitados.

Para quem não está acostumado a ficar em hostel, recomendamos estes três hotéis com preços relativamente acessíveis e com fácil acesso ao centro histórico da cidade.

Independente de onde você estiver hospedado, é bem provável que conseguirá conhecer os atrativos de Bruges caminhando. A cidade não é grande e a movimentação é fácil.

A maioria das pessoas aproveita todos esses passeios a pé mesmo. É raro ver algum tipo de outro transporte, que não seja carro. Para fazer todo esse tour turístico, você não vai ter que andar muito e o passeio de barco é sempre uma opção para conseguir escapar da caminhada.

Canal Groenerei em Bruges
Canal Groenerei.

Compras em Bruges: vale a pena?

Essa é uma recomendação que funciona para toda a Bélgica: as coisas não são baratas e ainda temos a questão da conversão do euro para o real.

Mas para quem ainda assim quer fazer algumas compras, tem coisas em Bruges que são únicas da cidade.

Chocolate belga

Existem várias lojas de chocolate, especialmente no centro, perto da praça principal. As três mais recomendadas – tanto por uma questão de acessibilidade, quanto por uma questão de custo e benefício – são: Ter Steeghere, Jean de Bruges e Leonidas e Godiva.

Artesanato

Além do chocolate, tem outras coisas que chamam a atenção no comércio local, como artesanato – essas especiarias são muito comuns também na pracinha central.

Cerveja belga

E, claro, cerveja. Além dos bares e da cervejaria de Halve Maan, nessas mini feiras também são encontradas latas especiais, engradados e cervejas locais e históricas.

Quando visitar Bruges

A maioria das pessoas costuma preferir visitar a Europa nas estações do verão e da primavera, porque é quando tudo está mais colorido e nessas estações os valores das passagens de avião e estadia saem mais em conta.

Primavera e verão

Caso decida ir no verão ou na primavera, as estações são muito bem definidas, ou seja: faz muito calor. Portanto, não esquece protetor solar, boné e sempre leve água, até porque esse tipo de coisa é muito caro lá.

Além disso saiba que irá encontrar a cidade cheia de turistas, principalmente na alta temporada de verão (julho e agosto).

Outono e inverno

Caso você prefira o frio e o outono e inverno sejam a sua preferência, existem algumas vantagens para quem viaja durante essas estações.

O valor das passagens e da estadia ficam muito mais em conta e tem alguns passeios turísticos exclusivos dessa época, como, por exemplo, pista de patinação.

Apesar disso, o clima pode ser um inimigo: chove bastante e o frio é intenso em Bruges.

Construções medievais em Bruges
Construções medievais em Bruges.

Seguro viagem para Europa

Para ser aceito como turista na Europa é obrigatória a contratação ainda no Brasil de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros.

Nós sempre contratamos através da SegurosPromo, um site comparador de preços que exibe diversos resultados de diversas seguradoras e você escolhe o que melhor se encaixar nas suas necessidades e orçamento.

SEGURO VIAGEM COM DESCONTO É NA SEGUROS PROMO!
15% OFF em todos os planos de seguro viagem com o cupom VOUDEPROMO + 5% OFF no pagamento via boleto.
Não dê bobeira, há opções por menos de R$10,00 por dia.
*Promoção válida até 30/09/2020, independente da época da viagem.
Saiba mais em seguro viagem internacional com desconto.


Leia também

O que fazer em Bruxelas na Bélgica

MEININGER Hotels: hospedagem barata em Bruxelas

Paris: o que fazer, roteiros, onde ficar, dicas para economizar

Londres: o que fazer, dicas para viajar por conta própria e economizar

Como planejar uma Eurotrip

Documentos necessários para viajar para Europa

Como funciona a imigração na Europa

Qual moeda levar para Europa

VIAJE POR CONTA PRÓPRIA E ECONOMIZE MUITO!
Reserve hospedagem no Booking.com
Seguro Viagem com desconto em Segurospromo
Alugue um carro em Rentcars
Passagens aéreas promocionais em Passagens Promo
Passeios em Santiago com Destino Chile (cupom #bloglovers 10%OFF)
Tours pela América do sul em Denomades.com
Passagens de ônibus, trem e avião dentro da Europa em Omio
Ingressos e passeios pelo mundo em GetYourGuide
Chip Internacional com 5% de desconto em America Chip
Chip Internacional com frete grátis em EasySIM4U
Chip Internacional da Viaje Conectado com 10%OFF cupom PROMO10

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!