fbpx

Transporte Público em Lisboa: como funciona e dicas

ATENÇÃO: devido a pandemia de Covid-19 muitos países restringiram parcialmente ou totalmente o acesso de turistas estrangeiros em suas fronteiras aéreas e terrestres. Consulte informações sobre o seu destino nos sites dos órgãos oficiais e/ou no seu portal jornalístico de confiança.

SEGURO VIAGEM: apenas algumas seguradoras estão garantindo 100% das assistências médicas para casos e sintomas relacionados ao COVID-19. A maior parte das seguradoras só garantem as coberturas até o diagnóstico. Em todas as seguradoras as demais coberturas (diárias em hotel, garantia de regresso, etc) perdem a validade após o diagnóstico positivo.

Saiba como funciona o transporte público em Lisboa: metro, bonde, tram, ônibus. Como sair e chegar ao aeroporto de Lisboa de metro, viagens bate-volta de trem, dicas para economizar e tudo que você precisa saber para usar o transporte público da capital de Portugal.

Transporte público em Lisboa
Elevador da Glória.

Lisboa, a capital portuguesa, é uma das cidades mais visitadas da Europa atualmente. Mesmo após ter se renovado nas últimas décadas e se transformado em polo tecnológico e inovador, a cidade encanta seus visitantes pela sintonia entre o antigo e moderno.

Roteiro de 5 dias em Lisboa
Lisboa, Portugal.

Transporte público em Lisboa

O transporte público em Lisboa tem uma ótima infraestrutura. Além do ônibus e metrô, ela conta com o famoso elétrico – semelhante ao nosso bonde – e uma boa conexão com as cidades em volta.

Graças a isso, você pode ir de Lisboa a Sintra ou Cascais com facilidade através do comboio (modo como os portugueses chamam os trens).

Já para se locomover dentro de Lisboa, o valor do bilhete é barato em comparação com outras capitais da Europa.

Ou seja, você pode aproveitar desde o centro histórico de Lisboa até a praia em Cascais pagando pouco. Talvez esse seja um dos motivos que a cidade é tão procurada: a facilidade de locomoção é um bônus aos turistas.

Roteiro de 10 dias em Portugal
Pôr do Sol visto do Cais de Sodré em Lisboa.

Tipos de transporte público em Lisboa

Em primeiro lugar, vamos entender melhor os tipos de transporte público em Lisboa:

  • Metro
  • Trem
  • Ônibus
  • Elétrico
  • Elevador

Metrô

Para quem chega em Lisboa através do aeroporto há uma boa notícia: o metrô tem conexão direta entre ele e várias partes da cidade.

Transporte público em Lisboa: Metropolitano de Lisboa
Símbolo metro de Lisboa.

Atualmente, o Metropolitano de Lisboa, como é chamado o metro de Lisboa, conta com 4 linhas e 56 estações.

Inaugurado em 1959, recentemente as estações de metro da cidade foram restauradas. Algumas contam com uma decoração bem artística, enquanto que outras são mais modernas.

Quanto às linhas, elas são divididas da seguinte forma:

  • Linha Azul: Reboleira – Santa Apolónia
  • Linha Amarela: Odivelas – Rato
  • Linha Verde: Cais do Sodré – Telheiras
  • Linhas Vermelha: São Sebastião – Aeroporto.
Estação de metro em Lisboa
Estação do metro em Lisboa.

Você pode visualizar melhor as linhas e estações a partir do mapa do metrô de Lisboa no site da empresa responsável pela circulação.

O horário do serviço inicia normalmente às 06h30 e vai até à 01h00.

Dificilmente você terá que aguardar muitos minutos para pegar o seu metro. O sistema funciona muito bem na cidade e poucas são as áreas onde a circulação tem frequência menor do que 05 minutos entre as linhas.

Apesar das quatro linhas em funcionamento, o metro é um dos transportes públicos em Lisboa que não chega à Torre de Belém, um dos cartão-postais da cidade. Você até poderá pegar ele para ir até uma parte do caminho, mas depois terá que mudar para o trem, tram ou ônibus.

Quanto ao resto da abrangência, o metrô atende muito bem os demais pontos turísticos da cidade.

Já o valor do bilhete unitário, válido para uma viagem, custa 1,40 euros mais 0,50 euros pelo cartão a primeira vez que você usa. Depois basta recarregar por cada viagem ou várias de uma vez só.

Mas tenha atenção a alguns cuidados na hora de usar o transporte. Em primeiro lugar, tenha sempre consigo o cartão, pois algum fiscal pode solicitar no vagão do metrô. E o que acontece caso não tenha validado? Receberá uma multa.

Então, não tente ser esperto: passe sempre o cartão na catraca e permaneça com ele. Além disso, saiba que ele costuma ser válido por cerca de 1 hora após o primeiro uso. Então, você pode utilizar novamente para fazer a troca de linhas dentro desse período.

Estação Olaias do metro em Lisboa
Estação Olaias, Metropolitano de Lisboa (foto: Alessandro Cristiano – stock.adobe.com).

Ônibus

Se você nunca visitou Portugal, saiba que o ônibus é chamado de “autocarro” no país. Agora que tem essa informação, a sua vida já ficará bem mais fácil.

Mas quando usar o ônibus ao invés do metro no transporte público em Lisboa? Na verdade, o ônibus se torna um problema à medida em que o próprio trânsito em Lisboa pode ser um caos.

Então, a dica é optar por ele em zonas menos abrangidas pelo metrô, pois do contrário você pode perder bastante tempo.

Vale considerar também que os ônibus são menos focados nos pontos turísticos e mais nos bairros periféricos.

Hoje, a cidade é atendida por 78 linhas, mas a vantagem é durante a madrugada: são seis linhas noturnas. Ou seja, se você precisar usar algum transporte além do horário do metrô, pode ser que consiga ter ônibus disponível.

O transporte da cidade é feito pela empresa Carris e no site dela é possível inclusive simular as melhores rotas para o seu trajeto.

Sobre a condição dos veículos, podemos considerar que são muito boas. Além de novos, os autocarros possuem ar condicionado e WiFi.

Já quanto ao valor para uma viagem, o custo é de 2 euros quando você compra diretamente no ônibus. Com o cartão Viva Viagem carregado o custo cai para 1,50 euro.

Se você já tiver o cartão, basta entrar no veículo e validar nas máquinas amarelas no interior dele. Para quem comprar é diretamente com o motorista.

E aqui vale a mesma ressalva do metrô: se você não pagar ou validar o cartão, pode ser multado.

Elétrico

Conhecido pelos brasileiros como bondinho, mas como “elétrico” entre os portugueses, esse é um dos transportes públicos em Lisboa mais tradicionais e charmosos. É claro que os turistas amam andar pelo bondinho, mas até mesmo os moradores da cidade usam bastante ele.

Eléctrico 12
Eléctrico 12.

Além de ser uma forma de locomoção, ele é um verdadeiro ponto turístico, principalmente porque 40 dos veículos ainda são no estilo antigo, conservando a história da cidade.

O passeio também é ótimo porque você pode fazer um verdadeiro roteiro turístico através do elétrico.

Ao todo, são 57 elétricos em atividade. E aqui há um bônus: ele é o melhor transporte público em Lisboa para você chegar à Torre de Belém pela rota 15. A abrangência também chega ao Chiado, um dos bairros boêmios da cidade.

Transporte público em Lisboa: Eléctrico 28
Eléctrico 28.

O elétrico mais famoso de Lisboa é o 28 devido à sua rota que chega inclusive ao Castelo de São Jorge.

O valor para andar nele é de 1,40 euro com o Cartão Lisboa Viva, enquanto que diretamente nele custa 2,85 euros.

Elevador

Pode ser curioso para alguns, mas em Portugal ainda existem os famosos elevadores pelas cidades que levam de um ponto a outro.

Qual a necessidade disso? É simples de entender: cidades como Lisboa possuem muitos desníveis e a melhor forma de descer ou subir é pelo elevador.

Elevador de Santa Justa, Lisboa
Elevador de Santa Justa.

Contudo, não são muitos, apenas quatro. Eles são chamados de “ascensores” e estão na Lavra, Glória, Bica e Santa Justa.

Na verdade, é quase uma experiência turística andar nos elevadores em Lisboa, principalmente para quem nunca usou.

Elevador de Santa Justa
Vista de Lisboa do Elevador de Santa Justa.

O ponto negativo é o valor: a ida e volta é de 5 euros para o de Santa Justa e 3,60 euros nos demais. O diferencial em Santa Justa é o mirante, pois o bilhete dá direito à entrada nele para uma vista incrível da cidade.

A arquitetura deles também chama atenção, pois carregam as principais características portuguesas em seu design. Por isso, também acabam sendo uma atração histórica da capital do país.

Trem

Assim como o ônibus é chamado de autocarro, o trem chama-se “comboio” em Portugal. Essas diferenças pequenas ajudam a se localizar melhor no transporte público em Lisboa e no restante do país.

Gare do Oriente em Lisboa
Gare do Oriente.

Quem realiza esse tipo de transporte é a CP – Comboios de Portugal. As principais estações na cidade são a Santa Apolónia e Oriente, mas há outras também. A partir delas você pode ter acesso a praticamente todas as zonas do país.

Roteiro de 10 dias em Portugal
Interior de trem em Portugal.

Mas os trens servem também para distâncias mais longas, como de Lisboa a Porto ou ao Algarve. Esse também é o transporte público em Lisboa para quem deseja conhecer Sintra e Cascais.

Cartões do transporte público de Lisboa

Cartão Lisboa Viva

Este é um cartão no estilo recarregável mensalmente. Porém, com relação aos turistas, ele é menos atrativo, pois vale a pena para quem irá passar várias semanas na cidade.

Isso acontece pois ele é personalizado e somente pode ser utilizado pelo seu titular. O benefício é que você pode carregar até 4 tipos de transportes diferentes a partir dele. Por outro lado, o seu custo de emissão – além das passagens – é de 7 euros.

Cartão Viva Viagem

O Viva Viagem já é um modelo mais indicado aos turistas, pois é produzido justamente para o uso ocasional dos transportes públicos em Lisboa. Você pode utilizar tanto para recarregar quantas viagens desejar ou como um Bilhete 24 horas, que não têm limite de uso durante esse tempo.

O custo é de 0,50 euro e o resto você paga somente quando recarrega com o número de viagens escolhido. Ele também pode ser encontrado nas máquinas da CP ou do metro, além dos postos de atendimento espalhados pela cidade.

Ele pode ser utilizado em todos os meios de transporte de Lisboa: metro, autocarro, comboio, elétricos, ascensores e também nos barcos. Esse último transporte é curioso, mas é uma forma de transporte para quem mora nas cidades em volta de Lisboa.

Mais informações no site do Portal Viva,

Transporte público em Lisboa
Eléctrico 28.

Aeroporto ao centro de Lisboa de metro

A estação de metro que atende o aeroporto se chama São Sebastião e ela fica bem ao lado da saída principal, a direita de quem sai.

Não há forma mais simples e barata de ir do aeroporto de Lisboa ao centro (passagem € 1,40 e 30 minutos de viagem).

Entretanto, quem estiver com malas muito grandes e que não sejam fáceis de puxar pode ter dificuldades com as escadas nas estações, principalmente se for necessário fazer baldeações. De toda forma em quase todas as estações há elevadores para servir pessoas com malas, idosos e quem tem mobilidade reduzida.

Casais e famílias costumam optar por chamar um Uber ou táxi.

Viagens bate-volta de trem saindo de Lisboa

Com ir de Lisboa a Sintra de Trem

Sintra é uma das cidades mais turísticas de Portugal e famosa pelo Palácio Nacional. Ele fica localizado no topo de uma colina e chama atenção pelas cores e design de longe. Por isso, é um dos lugares mais visitados do país.

A cidade integra a região metropolitana de Lisboa, logo ao lado de cidades como Mafra e Loures. Devido à proximidade, a viagem entre as duas cidades não é cara e nem longa.

Basta pegar o comboio para Sintra na Estação Lisboa Rossio, bem no centro da capital portuguesa.

O tempo de comboio varia entre 50 minutos e 1 hora e 40 minutos, pois em alguns horários ele realiza mais paradas no trajeto.

Quanto ao valor, a passagem custa somente 2,25 euros cada rota, totalizando 4,50 euros ida e volta.

Desça na estação final em Sintra e ao desembarcar verá um ponto de ônibus de onde parte o ônibus 434, preparado pela administração da cidade especialmente para servir os turistas em uma viagem de apenas um dia.

Portanto, é um valor super acessível aos turistas e uma viagem que vale muito a pena.

Como ir de Lisboa a Cascais de Trem

Cascais é uma das praias mais famosas de Portugal. Por isso, inclusive, é tão procurada pelos turistas, mas há de se considerar que a proximidade com Lisboa também colabora.

Da mesma forma que Sintra, Cascais integra a região metropolitana da capital, então a conexão fica mais fácil.

A forma mais barata e prática de ir de Lisboa para Cascais é de comboio (trem). Para os trechos bate-volta Lisboa x Cascais x Lisboa não é necessário comprar os bilhetes com antecedência, já que são comboios urbanos, com muitas saídas diariamente.

Os trens para Cascais saem da Estação Lisboa Cais do Sodré a cada 15 minutos e a viagem dura cerca de 1h20, bastando descer na estação final, localizada bem no centrinho de Cascais.

Basta ir direto a uma máquina ou a bilheteria da Estação Cais do Sodré e comprar um Cartão Viva Viagem ao custo de € 0,50 ou utilizar o que você já tem do metro de Lisboa e carregar com o valor dos bilhetes que é de € 2,25 ida ou € 4,50 ida e volta.

Não se esqueça de validar seu cartão antes do embarque e no desembarque, sempre o guardando até a saída da estação, pois pode haver fiscalização a qualquer momento e se você não tiver portando um cartão validado a multa é alta.

Os horários também são bem frequentes e durante o verão normalmente a CP amplia o volume de viagens, visto que Cascais é um dos principais destinos do país.

Há quem se hospede na cidade por algumas noites, mas você também pode fazer um bate e volta.

Dicas para o transporte público em Lisboa

Algumas dicas pode ajudar você durante o uso do transporte público em Lisboa. Além da questão da validação, há mais alguns detalhes para observar:

  • Evite horários de pico no transporte público;
  • Guarde sempre o comprovante do cartão caso ele apresente algum problema;
  • Aproveite o roteiro no elétrico para tirar fotos;
  • Utilize a integração dos serviços de transporte;
  • Analise sempre o melhor tipo de transporte e bilhete conforme os dias que terá de viagem. Essa é a melhor forma de economizar e aproveitar ao máximo.

Conforme você conferiu, o transporte público em Lisboa é super acessível, prático e permite chegar inclusive nas cidades vizinhas. É por isso que não é difícil de entender porque a cidade deixa tanta saudade aos turistas.

Não deixe de ler Roteiro de 5 dias em Lisboa, Portugal: o que fazer e como economizar.


Leia também

Roteiro de 10 dias em Portugal

Porto: o que fazer, onde ficar, dicas para economizar

Itinerário para uma road trip em Portugal: do Porto a Lisboa

Praias em Lagos no Algarve – Portugal

Passeio de barco no Algarve – Grutas e Costa

Como funciona a imigração na Europa

Documentos necessários para viajar para Europa

Qual moeda levar para Europa

VIAJE POR CONTA PRÓPRIA E ECONOMIZE MUITO!
Reserve hospedagem no Booking.com
Seguro Viagem com desconto em Segurospromo
Alugue um carro em Rentcars
Passagens aéreas promocionais em Passagens Promo
Passeios em Santiago com Destino Chile (cupom #bloglovers 10%OFF)
Tours pela América do sul em Denomades.com
Passagens de ônibus, trem e avião dentro da Europa em Omio
Ingressos e passeios pelo mundo em GetYourGuide
Chip Internacional com 5% de desconto em America Chip
Chip Internacional com frete grátis em EasySIM4U
Chip Internacional da Viaje Conectado com 10%OFF cupom PROMO10

Gostou? Deixe sua dúvida ou comentário!